Qual a Diferença Entre Bolsa e Financiamento Estudantil?

Quem deseja crescer profissionalmente precisa investir nos estudos. Para dar uma assistência maior nessa etapa, existem opções de bolsa e financiamento estudantil. 

Saiba mais sobre os dois tipos de assistência a seguir. 

Entenda mais sobre bolsa e financiamento estudantil

Quando o assunto é bolsa e financiamento estudantil, fica claro que ambos podem oferecer um suporte financeiro para você, mas esses dois tipos apresentam diferenças básicas que vão impactar sua renda em médio e longo prazo.

Financiamento estudantil

O financiamento estudantil funciona como uma maneira de facilitar o pagamento das parcelas de um curso para os alunos que estão devidamente matriculados. Isso implica que uma porcentagem da parcela é assumida pelo Governo ou por uma instituição privada e você se responsabiliza pelo restante.

Por exemplo: se conseguir o financiamento de 50% do valor a ser pago por mês, os outros 50% deverão ser quitados por você. Também existe a possibilidade de conseguir o financiamento total, ou seja, 100% da quantia é coberta para que você quite no futuro.

Posteriormente, quando concluir sua capacitação, terá o dobro do tempo para fazer o pagamento. É uma ótima ideia para quem deseja iniciar os estudos, mas não conta com todo o valor para isso naquele momento. Então, depois de formado, conseguirá se inserir no mercado de trabalho e terá independência financeira para quitar todas as parcelas.

Bolsa de estudos

A diferença entre bolsa e financiamento estudantil está no detalhe que, no caso da bolsa, o valor abatido nas parcelas não precisará ser pago no futuro. Portanto, se você  consegue esse tipo de desconto — seja por uma bolsa social como o ProUni ou por outro método de avaliação — têm uma redução no valor do curso. 

Nessa opção também existe a possibilidade da bolsa ser de 100% da quantia, porém, cada instituição conta com seus próprios critérios de avaliação e todos os casos são analisados de forma particular.

Qual a melhor opção para você?

O seu primeiro passo deve ser a escolha do curso. Depois, deve entrar em contato com a instituição de ensino e verificar as possibilidades  para decidir qual é a mais adequada ao seu caso. 

O que acha de dar esse passo e investir na sua carreira para mudar sua realidade? Aproveite e veja como conseguir Fies.

Siga acompanhando as notícias da Wyden Educacional.

 

Relacionadas

Setembro amarelo